Uncategorized

Mais uma de Brasília

Esse país não é sério! Tenho a impressão que os políticos poderiam se transformar em comediantes de stand-up comedy. E o microfone poderia ser aquele mesmo usado nos púlpitos do Congresso. Inúmeros são os problemas que assolam o Brasil e que levaram milhares de pessoas às ruas em junho deste ano, contudo, me parece que o mais grave é o de representatividade. Não é apenas Felicianos ou Bolsonaros que não nos representam. Está cada vez mais difícil garimpar um político que honre a constituição e coloque os interesses do povo à frente dos seus. O que aconteceu na Câmara Federal na noite dessa quarta-feira comprova isso. Negar a cassação do  deputado Natan Donadon (RO) já condenado por crimes de peculato e formação de quadrilha é no mínimo escabroso. E o pior, os deputados que votaram contra a punição usaram como escudo o voto secreto, outro recurso discutível. Qual seria o motivo? Não criar precedentes para que outros colegas não sejam cassados? Numa tentativa de consertar o inconsertável, o presidente da casa optou por afastar o deputado, contudo, não apagará a mancha negra que avança pelas bandas de Brasília.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s